TCE reconsidera decisão que imputava débito a Buba


O recurso de reconsideração foi julgado nesta quinta-feira (15) pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) e, por unanimidade, reformou a decisão que imputava um débito de R$ 18 mil ao deputado estadual Buba Germano (PSB).
 
O valor é referente a obra da cobertura de uma quadra de esportes da cidade de Picuí, Seridó paraibano, realizada quando o socialista era prefeito do município, no ano de 2007.
 
Com a decisão, todas as prestações de contas das obras executadas por Buba durante seus 8 anos de gestão como prefeito foram aprovadas pelo TCE, não havendo mais débito a ser imputado.
 
“Restou demonstrado que todas as obras realizadas pelo gestor atenderam a critérios técnicos, beneficiando toda população picuiense”, comemorou o advogado do parlamentar, Dr. Ravi Vasconcelos. 

Postar um comentário

0 Comentários